Baker Tilly Brasil adere ao PAC-PME

29/08/2013



A Baker Tilly Brasil aderiu ao PAC-PME (Programa de Aceleração do Crescimento para Pequenas e Médias Empresas). A Baker Tilly Brasil contribuirá com a estruturação e a operacionalização de workshops e serviços correlatos às empresas associadas da FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), da FecomercioSP e da ACSP (Associação Comercial de São Paulo) e demais entidades que apoiam o PAC-PME.
 
A iniciativa também objetiva fomentar o empreendedorismo, melhorar a competitividade empresarial e facilitar o acesso a capital de crescimento para pequenas e médias empresas (PMEs).  “Nada mais natural que a Baker Tilly Brasil - de evidente destaque na prestação de serviços a PMEs (o chamado “middle market”) -  tenha decidido apoiar esta iniciativa de importância econômica ímpar, já que deverá facilitar o acesso das PMEs ao capital com custo substancialmente mais barato, permitindo-lhes ganhos de rentabilidade necessários a sobrevivência e crescimento empresarial”, diz Ricardo Julio Rodil, sócio da Baker Tilly Brasil.
 
Ainda de acordo com Ricardo Julio Rodil, "nossa atuação junto ao PAC-PME será no sentido de oferecer uma ampla gama de serviços que as pequenas e médias empresas necessitam para se preparar para uma abertura de capital. Entendemos que o PAC-PME está alinhado a esse propósito".
  
Com a adesão da Baker Tilly Brasil, o PAC-PME passa a contar com 152 integrantes em seu grupo de trabalho e apoio, sendo 87 entidades, consultorias e associações, 39 escritórios de advocacia, 16 intermediários financeiros (bancos) e 10 auditorias. Uma mobilização única da sociedade brasileira que inclui federações empresariais, centrais sindicais de trabalhadores, Bolsas de Valores com projetos de operação no Brasil, entidades de empreendedorismo e competitividade (como o MBC - Movimento Brasil Competitivo) e de educação, como Exame PME (Ed. Abril), e PEGN, Época Negócios e Movimento Empreenda (Editora Globo).